Saúde pra que?

0
273

Oi pessoal, como estão??? Que bom está novamente conversando com vocês. Aqui está tudo bem e vamos para mais informações importantes para vcs.

Hoje, excepcionalmente, falaremos sobre o LÁBIO LEPORINO, seu conceito, as diferenças entre eles, o diagnóstico, o tratamento e as questões sociais. Lábio leporino (Fissura Labial) e fenda de palatina (goela de lobo) são malformações congênitas, de apresentação variável, que ocorrem durante o desenvolvimento do embrião. A incidência é maior na etnia amarela (ORIENTAL) e menor na negra. É falsa a impressão de que os casos de lábio leporino e fenda palatina estão aumentando. O que cresceu foi o número de diagnósticos e a taxa de sobrevida dos portadores.

Fissura labial, ou lábio leporino, é uma abertura que começa sempre na lateral do lábio superior, dividindo-o em dois segmentos. Essa falha no fechamento das estruturas pode restringir-se ao lábio ou estender-se até o sulco entre os dentes incisivo lateral e canino, atingir a gengiva, o maxilar superior e alcançar o nariz. Diferente da fenda palatina que a abertura pode atingir todo o céu da boca e a base do nariz, estabelecendo comunicação direta entre um e outro. Pode, ainda, ser responsável pela ocorrência de úvula bífida (a úvula, ou campainha da garganta, aparece dividida). No entanto, às vezes, essa variação de tamanho é pequena, o que gera algum atraso no diagnóstico.

O Diagnostico é através da ultrassonografia (na barriga da gestante) onde tornou possível fazer a visualização das fendas labiopalatinas a partir da 14a semana de gestação. Nessa fase, o importante é tranquilizar os pais, fornecendo informações sobre as possibilidades de tratamento, e esperar a criança nascer. Grande parte dos diagnósticos, porém, continua sendo realizada depois do parto.

Os fatores sociais das fissuras labiopalatinas gera a causa de problemas de saúde que incluem má nutrição, distúrbios respiratórios, de fala e audição, infecções crônicas, alterações na dentição. Da mesma forma, elas provocam problemas emocionais, de sociabilidade e de autoestima. Por isso, o tratamento requer abordagem multidisciplinar. Nos casos de fenda palatina, o fechamento completo é realizado em etapas, a fim de assegurar a integridade do arcabouço ósseo e a funcionalidade da musculatura de oclusão, assim como para evitar a deficiência de respiração e a voz anasalada.

Na verdade, o tratamento de lábio leporino e fenda de palatina é o longo e só termina com a
consolidação total dos ossos da face, aos dezessete, dezoito anos.A primeira cirurgia para o fechamento do lábio leporino, em geral, corrige praticamente todas as alterações, mas podem permanecer alguns detalhes que precisam de reparação, e que serão corrigidos mais tarde.

Enfim, quero agradecer a companhia de vocês. Peço que compartilhem nossas publicações, curtam e deem sua opinião. E não esqueçam que SAÚDE DE QUALIDADE É UM DIREITO DE TODOS!

MARILIA PIRES (saudepraque@gmail.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here