Saúde pra que?

0
81

Oi, gente! Como passaram o feriadão? Por aqui estamos com muitas informações legais para vocês.

Hoje, em especial, falaremos sobre os TIPOS DE MEDICAMENTOS que temos no Brasil. Descreveremos seus conceitos, suas finalidades e importância na medicina. Medicamento é um produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico. Eles são classificados em alopáticos, homeopáticos, fitoterápicos e manipulado. Dos medicamentos para comercialização temos os de REFERENCIA, os GENÉRICOS e os SIMILARES.

O medicamento de REFERÊNCIA (MARCA) é um produto inovador (o primeiro produto sintetizado e colocado a venda) e registrado no órgão federal responsável pela vigilância sanitária e comercializado no país; sua eficácia, segurança e qualidade foram comprovadas cientificamente pela ANVISA e são medicamentos com mais de 40 anos no mercado.

O medicamento GENÉRICO é o medicamento registrado pelo nome genérico ou químico da substância ativa que o compõe, mas que não possui os testes de biodisponibilidade. Esse passa por testes de bioequivalência e biodisponibilidade para comprovar que tem o mesmo comportamento no organismo e as mesmas características de qualidade do medicamento de referência ou de marca e deveria ser mais barato que o medicamento de referência.

O medicamento similar é aquele que apresenta a mesma concentração, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, preventiva ou diagnóstica, em comparação ao medicamento de referência; podendo diferir somente em características relativas ao tamanho e forma do produto, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veículos.

Temos também o medicamento fitoterápico que é o medicamento feito exclusivamente à base de plantas. o medicamento homeopática é o medicamento que segue a doutrina da cura pelo semelhante, ou seja, são substâncias capazes de causar sintomas de uma determinada doença no organismo sadio para que o sistema imunológico defenda a doença. é conhecida como dinamização (energização do medicamento). sendo a homeopatia uma técnica mais natural, comparada à alopatia. e o medicamento manipulado é o medicamento produzido em farmácias de manipulação ou hospitais com recursos para tal prática, seguindo prescrição médica de acordo com a necessidade individual de cada paciente.

Bem, quero agradecer a todos pela companhia, atenção demonstrada e gostaria que vocês compartilhassem nas suas redes sociais nossas publicações e dessem sua opinião. E não esqueçam que Saúde de qualidade é direito de todos.

Marilia Rabelo Pires

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here